Voltar

Pronto Socorro

Casos de urgência e emergência são direcionados ao Pronto Socorro. A unidade deve ser procurada por pacientes mediante sintomas como: febre muito alta, cólicas renais, traumas, dores agudas, dificuldades respiratórias e demais situações emergenciais.

O PS do Hospital São José recebe em torno de seis mil pessoas todos os meses. Os pacientes são dos cinco municípios do Vale do Itapocu e também de outras localidades catarinenses. O espaço é referência para 22 cidades do Nordeste e 29 municípios do Planalto Norte de Santa Catarina em alta complexidade de neurocirurgia, ortopedia, traumatologia e oncologia. O PS também é referência em média complexidade em todas as demais especialidades para o Nordeste catarinense.

O setor conta com salas de emergência, espaço de observação, serviço de apoio e sala de gesso, sendo composto por equipamentos de última geração. Os atendimentos são realizados conforme o protocolo Humaniza SUS, que preconiza uma triagem por cores para cada demanda, levando em consideração a gravidade de cada caso.

A unidade é voltada a pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), particulares e de convênios. A estrutura está à disposição da população 24 horas por dia. No local existem médicos de plantão na especialidade de ortopedia.

Comunicado: Devido à alta demanda de pacientes o tempo de espera no Pronto Socorro poderá ser maior em alguns dias e horários.

CLASSIFICAÇÃO DE RISCO

NÍVEL 5 (VERMELHO)
EMERGÊNCIA

Condição grave, risco de morte, e necessidade
de atendimento imediato.

NÍVEL 4 (LARANJA)
MUITA URGÊNCIA

Situação de alto risco, pacientes com risco potencial, necessidade
de atendimento o mais breve possível.

NÍVEL 3 (AMARELO)
URGÊNCIA

Situação de gravidade moderada com quadro instável e
risco de complicação.

NÍVEL 2 (VERDE)
POUCA URGÊNCIA

Menor grau de urgência e/ou risco de complicação. Não precisam
de intervenção imediata, podendo aguardar para o atendimento.

NÍVEL 1 (AZUL)
NÃO URGÊNCIA

Pacientes em condição não urgente, podendo ser atendidos seletivamente.

PERGUNTAS FREQUENTES:

São realizados atendimentos por convênios e em caráter particular no Pronto Socorro?

Sim, o Pronto Socorro atende pacientes do SUS, convênios e particular. Os atendimentos serão realizados conforme o protocolo de classificação de risco e não por convênio do atendimento.

Posso fazer aplicação de medicamentos no Pronto Socorro?

Somente serão realizadas as aplicações que não são realizadas em farmácias, mediante apresentação de receita médica. No PAMA II também podem ser realizadas aplicações de medicação, porém neste caso o receituário deve ser do SUS.

Posso fazer curativos no Pronto Socorro?

Os curativos são realizados apenas aos domingos e feriados, no horário das 8h às 9h. Durante a semana os curativos deverão ser realizados na unidade básica de saúde do bairro onde o paciente reside. Aos sábados pela manhã no PAMA II.

Quanto tempo leva para os exames feitos no Pronto Socorro ficarem prontos?

Os exames de sangue são realizados em nosso laboratório interno e os resultados podem demorar até duas horas para ficarem prontos. Os exames de RX são realizados na hora.

Como faço para obter informações dos pacientes no Pronto Socorro?

As informações são fornecidas em horários pré-definidos pela equipe de enfermagem e quando necessário são fornecidas pela equipe médica. Estes horários podem sofrer alterações caso haja uma emergência.

A partir de qual idade o paciente pode receber atendimento no Pronto Socorro?

O Pronto Socorro do HSJ é referência em Urgência e Emergência Adulto e atendemos a partir de 12 anos completos, para pacientes abaixo dessa idade o atendimento é feito no Hospital e Maternidade Jaraguá.

Como funciona a classificação dos pacientes no Pronto Socorro?

O procedimento é realizado pelo Enfermeiro Acolhedor, conforme os critérios preconizados no “Protocolo de Acolhimento e Classificação de Risco” do HSJ, identificando os atendimentos por cores com o seguinte nível de urgência:

  • Vermelho – Emergência
  • Amarelo – Urgência
  • Verde – Não Urgência
  • Azul – Ambulatorial

Dentre as situações especiais temos os pacientes idosos e oncológicos que deverão ter prioridade no atendimento, respeitando o nível de classificação, salvo em situações em que os demais pacientes tenham evidências da existência da necessidade de serem atendidos prioritariamente.

Conheça outros serviços HSJ

Hospital Dia

Os procedimentos ambulatoriais que não necessitam de internação são de competência do Hospital Dia. O setor atende pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), particulares e de convênios, unind...

Saiba mais

Neurocirurgia

A Neurocirurgia foi o primeiro serviço do Hospital São José credenciado para alta complexidade. Com mais de 15 anos de experiência, a especialidade médico-cirúrgica se dedica ao tratamento das d...

Saiba mais

UTI

A Unidade de Terapia Intensiva (UTI) define-se por área crítica destinada à internação de pacientes graves que requerem atenção profissional especializada de forma contínua, além de materiais...

Saiba mais